Connect with us

Hi, what are you looking for?

Sociologia

Fato Social: resumo bem explicado

Este é Émile Durkheim
Émile Durkheim, um dos pais da Sociologia. Foto: Reprodução/Internet

O fato social é apenas mais uma das diversas teorias originadas dos estudos do sociólogo francês Émile Durkheim, este que é considerado um dos “pais da sociologia“.

Você sabe qual é o conceito de fato social?

O que é e surgimento

Em 1883, Durkheim, em sua tese de doutorado, elaborou um estudo que aborda a interação social entre indivíduos que compõem a sociedade.

O sociólogo explica de maneira clara o que é fato social. Esta teoria diz respeito às formas de agir, sentir e pensar, e a influência e coerção, as quais estas formas exercem sobre os indivíduos, para se adaptarem à sociedade em que vivem.

Sobre isto, o que deve ficar muito claro é que os instintos: como comer, beber e dormir, não são fatos sociais (mas sim, fenômenos que compõem o fato social)

Da mesma forma, atitudes racionais e pensadas, mas que sejam desconhecidas para o restante da sociedade, também não são fatos sociais.

Assim, podemos nos perguntar: então, o que é e quais são as ações que se encaixam no conceito de fato social?

Para Durkheim, o conceito de fato social pode ser dividido em três tipos de fenômenos: generalidade, coercitividade e externalidade.

  • A generalidade: é composta pelos fatos sociais coletivos, ou seja, eventos que existem de maneira coletiva para todos que estão inseridos na sociedade;
  • A coercitividade: é a forma de coação a que os padrões culturais de uma sociedade são impostos aos indivíduos;
  • A externalidade: consiste em todas as normas, leis e instituições que existem antes da pessoa nascer que ela deve aprender para viver em sociedade;

Exemplos do que é fato social

Confira exemplos sobre o que é a teoria do Fato Social de Durkheim.
Confira exemplos sobre o que é a teoria do Fato Social de Durkheim. Foto: Reprodução/Internet

É possível entender como fatos sociais também como comportamentos e atitudes cotidianas, como pagar impostos, trabalhar, estudar e mais.

Ademais, outros exemplos são o idioma, as instituições políticas, regras jurídicas, conceitos morais.

Mas, o que mais pode gerar compreensão é o exemplo da educação, pois a mesma se encaixa nas três esferas do conceito de fato social.

Primeiro, que ela é imposta aos indivíduos, assim exerce coercitividade.

Segundo, que ela tem uma existência anterior ao nascimento de cada pessoa, o que se encaixa em exterioridade.

E, finalmente, ela pode ser observada atuando em toda a sociedade – o que também a caracteriza no contexto de generalidade.

Então, devemos entender que os fatos sociais se relacionam e fazem com que a sociedade se relacione entre si.

Durkheim definiu a existência de dois tipos de sociedades: as tradicionais e as modernas.

Fato social e a sociedade para Durkheim?

Agora que já vimos o que é fato social, vamos adiante:

O sociólogo francês entendia a sociedade como totalmente secular, ou seja, a base de seu pensamento é que os fenômenos sociais ocorrem por causa dos fatos sociais e não de eventos religiosos.

Assim, para Durkheim, a sociedade se sobressai sobre o indivíduo, de forma que obriga-o a se adaptar à ela. Isto porque, quando qualquer indivíduo nasce, há um mundo, um país e uma sociedade que já existem antes dele.

E, desta forma, o indivíduo deve se adaptar às culturas, costumes, línguas estabelecidas pela sociedade em que nasceu.

Porém, Durkheim dividiu a sociedade em dois tipos:

  • Sociedades Tradicionais: são as que imperam o desejo e pensamento coletivo ao individual;
  • Sociedades Modernas: Justamente o contrário, as que há predominância do desejo e pensamento individual sobre o coletivo.

As primeiras (tradicionais) foram as comunidades indígenas, em que se vivia na base da coletividade.

As segundas (modernas) fazem jus ao nome dado pelo sociólogo, pois são as sociedades capitalistas em que vivemos nos dias de hoje.

Dentro desta perspectiva de Durkheim, a sociedade só pode existir com coesão entre os pensamentos e ações das pessoas que vivem nela. E, assim, forma-se consenso.

Solidariedade Durkheimiana

Durkheim designou este consenso de solidariedade, que pode ser de dois tipos: mecânica e orgânica.

A solidariedade mecânica pode ser observada quando os integrantes da sociedade partilham as mesmas noções, valores sociais, morais e religiosos.

Já a solidariedade orgânica é quando na sociedade os homens não possuem os mesmos os mesmos valores e crenças e os interesses individuais são muito diferentes.

O primeiro tipo (mecânica) ocorreu nas sociedades tradicionais, como nos agrupamentos tribais e clãs.

O segundo (orgânica) ocorre nas sociedades modernas, como as que existem atualmente.

Dessa forma, Durkheim acredita que só é possível a existência de uma sociedade quando há coesão social.

Coesão social para Durkheim

Apesar de garantir a existência de uma sociedade, Durkheim frisa que a existência de coesão social não necessariamente fará dela pacífica.

Todos pensam igual quando há coesão social?
Todos pensam igual quando há coesão social? Foto: Reprodução/Internet

Coesão social deve ser entendida apenas como o que une determinado grupo social ou sociedade. O que é diferente do conceito de fato social.

Para cada indivíduo integrar esta sociedade ele deve aceitar os fatos sociais com base nas três divisões que Durkeim fez sobre o fato social.

A generalidade, a coercitividade e a externalidade são as influências que agem sobre indivíduo de modo que ele consiga se encaixar na sociedade em que nasceu.

E sob estas formas que cada indivíduo se estabelece no “todo social” e esta sociedade se unifica, pois os seres viventes nela possuem regras estabelecidas e impostas ao indivíduo.

Isto é o que gera a coesão social. Sem ela, devemos entender, que não há sociedade.

E que, apesar de a coesão social não ser determinante para uma sociedade boa, sem ela a sociedade só piora.

Então, como podemos ter uma sociedade melhor para Durkheim?

Além de explicar o conceito de fato social, Durkheim também pensou em algumas respostas para isto.

A primeira é que, segundo seu pensamento, é na infância que os indivíduos passam pelo processo de socialização.

Desta forma, é possível agir como influência positiva para a pessoa durante sua infância.

Outro ponto para Durkheim é o estabelecimento de instituições confiáveis que regulem normas e regras vigentes em determinada sociedade.

Ou seja, é de suma importância que as instituições políticas, econômicas e sociais de uma sociedade sejam conduzidas sob boas práticas.

A exclusão e repressão da corrupção na vida social, econômica e suas instituições é outro caminho apresentado pelo pensador.

Para ficar por dentro de todos os nossos conteúdos, curta nossa página no Facebook.

Fica a dica! Até a próxima!

Daniel Romão
Written By

Bacharel em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo pela Universidade Veiga de Almeida (UVA). Jornalista com registro profissional de nº 40255/SRTE-RJ. Colaborador do Toda Disciplina, principalmente, nas disciplinas de Sociologia, História, Comunicação, Jornalismo e afins, desde maio/2019.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos

Folclore

Leia cada uma das principais brincadeiras de rua para brincar com o seu filho; saiba também o que elas trabalham no desenvolvimento dos pequenos

Geografia

Mossoró é uma das principais cidades do interior da Região Nordeste do Brasil. Localiza-se na Região Potiguar. Com 297.378 habitantes estimados pelo Instituto Brasileiro...

Biografias

Wilma Maria de Faria mais conhecida como Wilma de Faria ou, ainda, Wilma Maia, quando atendia por seu nome de casada (Mossoró, 17 de fevereiro...

Religião

Vale do Amanhecer ou, também, Doutrina do Amanhecer é uma doutrina religiosa-filosófica de origem brasileira. Fundada em 1969, pela ex-caminhoneira sergipana Neiva Chaves Zelaya,...

Ciências Naturais

Ao falar de água, a palavra corrente reflete o movimento realizado pela água. As correntes existem em rios, lagos, pântanos e até mesmo piscinas. Porém, poucos...

Filosofia

O positivismo é um sistema filosófico que defende que só é válido como conhecimento aquilo que pode ser validado por meio de métodos de...

Facebook

Leia também:

Biologia

Entender as bioquímica da vida é fundamental para que se entenda a biologia como um todo.

Biografias

David Cunha Alves de Araújo (Natal, Rio Grande do Norte – 18 de novembro de 1953 (nascimento) – Assú, Rio Grande do Norte –...

Geografia

Dados Gerais da República de Angola Nome oficial: República de Angola Localização: Sudoeste da África Capital: Luanda Cidades mais populosas: Luanda, Huambo e Lobito...

Filosofia

Ética, também conhecida por muitos como “filosofia da moral” é a parte da filosofia que refere-se à reflexão sobre o que é moralmente bom ou mau,...