Toda Disciplina

Provas que Deus existe: confira as principais evidências

principais evidências da existência de Deus
Confira neste artigo do Toda Disciplina as principais evidências sobre a existência de Deus. Foto: Reprodução/Arte Toda Disciplina

Será que conseguimos provas que Deus existe? Se sim, quais provas seriam essas?

Essa é uma das perguntas que a humanidade mais faz desde do início dos tempos. Onde uns afirmam que não há Deus, que tudo certamente é fruto da cabeça dos homens, em contrapartida temos aqueles que afirmam ter contato direto com Deus e que são capazes até de realizar sinais e milagres.

É exatamente esse assunto que o Toda Disciplina abordará neste artigo. Então, para isso, vamos falar de profecias, teoria evolucionista e colocar, lado a lado com as teorias teológicas. Para assim, tentar chegar a alguma conclusão lógica.

A Bíblia: a palavra de Deus?

livro-biblia-aberta
Não tem como falar sobre a existência de Deus, sem falar sobre a bíblia. Foto: Reprodução/Internet/Ilustração

É impossível discutirmos sobre a existência de Deus e não falarmos sobre a bíblia. Tida como a palavra de Deus, é considerada por alguns religiosos como um local onde se pode aprender a vontade de Deus para os seus filhos. Afinal, por que a bíblia e não o tripitaka  (livro sagrado budista), ou livro de Lao-Tsé, ou o alcorão ( livro sagrado muçulmano)?
A resposta é muito simples. Nenhum desses escritos trás nenhuma predição do futuro.
A bíblia é o único livro que se predispõe a fazer profecias sobre o futuro de forma clara e direta.

Profecias

Os historiadores sabem quão difícil é prever o futuro, porque as engrenagens do futuro geralmente se baseiam no “se”. (Dr. John H Gerstner)

Em princípio, falaremos nesse tópico sobre a profecia dos Oráculos de Delfos, conhecidos como oráculos sibilinos. Diz-se que o imperador romano Maxêncio, prestes a entrar em combate com os exércitos de Constantino, que avançava pelo outro lado do rio Tibre. O lado norte de Roma. Foi se consultar com os oráculos sibilinos e a recebeu a seguinte profecia:

Neste dia, o inimigo de Roma será destruído!”

E assim, Maxêncio certo da vitória, avançou contra o exército inimigo, porém foi massacrado.
O oráculo seguindo as suas regras de profecias, não definiu quem era o real inimigo de Roma, então, a profecia se cumpriu.

Já por outro lado, temos profecias da bíblia, mas de forma clara, com detalhes, não permitindo uma interpretação ambígua. Essas precisam ser cumpridas com exatidão.
Por se referirem a fatos inesperados, as profecias não podem ser um bom palpite.
Em outras palavras, no momento em que a profecia foi ou é proferida, ninguém imaginava que poderia acontecer. É exatamente o oposto da expectativa natural.
Falando especificamente das profecias bíblicas, é impossível que tenha sido escrita depois da ocorrência dos fatos. Afinal, na maioria de casos, a profecia se cumpriu centenas de anos depois de profetizadas, sem mesmo que aqueles que profetizaram pudessem ver.

Vamos falar um pouquinho sobre algumas dessas profecias que já se cumpriram, visto que, podem ser comprovadas pela arqueologia.

Tiro e Sidom

Tiro e Sidon
Mapa onde ficava as cidades de Tiro e Sidon.

Tiro e Sidom eram duas grandes cidades que ficavam na costa leste do Mediterrâneo. Tiro para o mar era o mesmo que a Babilônia para a terra.

Sobre a cidade de Sidom Ezequiel proferiu as seguintes palavras:

“ O Senhor me disse:

— Homem mortal, fale contra a cidade de Sidom.  Diga ao povo dali que eu, o Senhor Deus, digo o seguinte: “Sidom, eu estou contra você. Por causa daquilo que vou fazer com você, todos me louvarão. Quando eu castigar os seus moradores, todos ficarão sabendo que eu sou o Senhor e que sou santo.  Eu lhe mandarei doenças e farei com que corra sangue nas suas ruas. Você será atacada de todos os lados, e todos os seus moradores serão mortos. Assim você ficará sabendo que eu sou o Senhor.””
(Livro de Ezequiel, Capítulo 28, versículo do 21 ao 23).

Eis que então Sidom foi atacada, 40.000 dos seus habitantes foram mortos, traídos pelo seu próprio rei. As ruínas da cidade de Sidom ainda existem até os dias de hoje.

Ruínas da cidade de Sidon
Na foto, as ruínas da cidade de Sidon, que hoje localiza-se no Líbano.

Quanto a cidade de Tiro, estava vivendo plena estabilidade e riquezas. Estava no seu apogeu quando o profeta Ezequiel lançou essas palavras:

“— Agora, o que eu, o Senhor Deus, estou dizendo é isto: Cidade de Tiro, eu estou contra você. Vou trazer muitas nações para lutarem contra você, e elas virão como as ondas do mar. Elas destruirão as muralhas da sua cidade e derrubarão as suas torres. Aí eu varrerei o pó e deixarei a rocha nua. Os pescadores estenderão as redes para secarem em cima dela, ali no mar , onde se encontra. Sou eu, o Senhor Deus, quem está falando. As nações vão atacar e roubar Tiro e com as suas espadas vão matar aqueles que vivem nas cidades que estão perto, em terra firme. Aí a cidade de Tiro ficará sabendo que eu sou o Senhor.

— Eu vou trazer da Babilônia o rei Nabucodonosor, o mais poderoso de todos os reis, para atacar Tiro. Ele virá do Norte com um forte exército, com cavalos e carros de guerra e com cavalaria.  Aqueles que vivem perto, nas cidades que estão em terra firme, serão mortos na batalha.
(Livro de Ezequiel, Capítulo 26, versículo do 3 ao 7.)

Vamos analisar detalhadamente cada profecia. Então, vamos primeiramente falar sobre a profecia do versículo 7:

“ — Eu vou trazer da Babilônia o rei Nabucodonosor, o mais poderoso de todos os reis, para atacar Tiro. Ele virá do Norte com um forte exército, com cavalos e carros de guerra e com cavalaria.  Aqueles que vivem perto, nas cidades que estão em terra firme, serão mortos na batalha.”

Poucos anos depois dessa profecia ter sido escrita, o rei babilônico, Nabucodonosor, veio com seu exército e sitiou a cidade de Tiro.

rei-Nebucodonossor
De acordo com a história, o Rei Nebucodonossor e seu exército sitou a cidade de Tiro.

Vamos analisar outra parte da profecia:

“4 Elas destruirão as muralhas da sua cidade e derrubarão as suas torres. Aí eu varrerei o pó e deixarei a rocha nua. 5Os pescadores estenderão as redes para secarem em cima dela, ali no mar , onde se encontra. Sou eu, o Senhor Deus, quem está falando. As nações vão atacar e roubar Tiro”

Após treze anos de cerco, finalmente os muros de Tiro cedem às investidas babilônicas, que avançam cidade adentro, matando os que ali estavam. Contudo, milhares haviam fugido de barco para uma ilha a menos de um quilômetro da cidade.

Então, parte da profecia estava completa!

E antes que você fique se perguntando o por que só uma parte, já te explico.

250 anos haviam se passado, contudo partes dos muros de Tiro ainda estavam de pé, como quem contestasse a profecia lançada por Ezequiel. Afinal, a profecia era de que não ficariam muros de pé.

Inesperadamente surge um conquistador no estreito de Dardanelos, chamado Alexandre Magno ou Alexandre o grande.

Lançando ataque contra o Império Persa, que nessa época controlava esse território. Alexandre investe pesado, obrigando o rei persa a fugir.

Como bom estrategista que era, Alexandre decidiu inutilizar a poderosa marinha persa, fechando os portos do Mediterrâneo. Cidade por cidade foi se rendendo, até que Alexandre chegou a nova cidade de Tiro cheia de muros invencíveis, que ficava a menos de 1km da costa. Então, surge o plano de engenharia de guerra mais atrevido!

Construir uma passagem ligando a costa à ilha. Mas onde conseguir material para essa tal ligação?

Se você pensou da antiga cidade de Tiro, você acertou!

A ordem veio do próprio Alexandre:

“Derrubem os muros de Tiro, apanhem a madeira, as pedras, escombros, troncos, e joguem ao mar.” Sendo assim, Alexandre e seu exército, mesmo sem saber, cumpriram a profecia que Deus havia estabelecido para aquele lugar.

Rasparam até o chão da cidade para retirar a maior quantidade de material.

Por fim, com a construção da passagem, a nova cidade de Tiro foi cercada e destruída.

Mapa mostra a antiga e nova tiro e a ponte de Alexandre
Mapa mostra a antiga e nova tiro e a ponte de Alexandre
Ilustração da construção de Alexandre para chegar à Nova Tiro
Ilustração da construção de Alexandre para chegar à Nova Tiro

Babilônia

Imagem do que seria o jardim suspenso da Babilônia
Imagem do que seria o jardim suspenso da Babilônia

Referência de beleza e graciosidade, a Babilônia era sem dúvidas umas das maiores cidades da antiguidade. Tinha uma muralha 23 Km de comprimento, ocupando 500 KM quadrados de exuberante arquitetura de palácios, jardins suspensos, templos e torres. Abastecia a si mesma, sem precisar importar nenhum item sequer. Inventou um alfabeto, resolvia problemas de aritmética, criou mecanismo para contar o tempo. Certamente, estava bem à frente dos outros povos da antiguidade.

Mas vamos ao que interessa, vamos falar sobre a profecia referente a Babilônia. Na verdade uma das mais de cem profecias que existiram a respeito dela.

A profecia sobre os muros da Babilônia.

“As grossas muralhas de Babilônia serão completamente arrasadas,
e os seus altos portões serão destruídos pelo fogo.
Todo o trabalho dos povos não vale nada;
os esforços das nações se acabam nas chamas.”
(Livro de Jeremias, Capítulo 51, Versículo 58).

Mas como seria possível a destruição dos muros da Babilônia, levando em consideração  que a muralha da china é mais fraca e mais antiga que a da Babilônia e está de pé até os dias de hoje?

O início da queda da Babilônia foi divergência política, gerando insatisfação do povo e depois a conquista da cidade pelos Persas e Medos, que estava representado pelo rei Ciro da Pérsia e Dario da Media. Que invadiram o palácio quando o Rei da Babilônia festejava e nem percebeu a movimentação.

Inclusive essa história da tomada Persa também está registrada na bíblia, no livro de Daniel, Capítulo 5. Em que foi revelado durante a festa do rei babilônico a invasão Persa.

Imagem conta história da Babilônia (Parte de cima) e a tomada pelos Persas (parte de baixo)
Imagem conta história da Babilônia (Parte de cima) e a tomada pelos Persas (parte de baixo)

Posteriormente, no quarto século depois de Cristo, Juliano, o apóstata, tornou se imperador e o seu maior desejo era acabar com o cristianismo e estabelecer novamente as religiões pagãs de Roma. Então, estava Juliano guerreando contra os persas próximo às ruínas da Babilônia. Com medo de que fossem usadas como refúgio para os seus inimigos Persas, mandou destruir totalmente as muralhas que restaram.

Sendo assim, o maior inimigo do cristianismo foi o que cumpriu a profecia de Deus sobre os muros da Babilônia!

O velho testamento tem mais de 2.000 profecias específicas. Não existe nada parecido com isso em nenhuma outra literatura, seja ela mundial, religiosa ou não religiosa.

Evolucionismo X Criacionismo

Evolucionismo X Criacionismo
Evolucionismo ou Criacionismo?

Será que a ciência conseguiu provar a não existência de Deus?

Será mesmo que a ciência e a teologia são inimigas mortais?

Bom, vamos analisar a origem da palavra teologia.

Essa é uma palavra derivada da palavra teleíos, que significa fim, finalidade.

Então, a teologia é um conceito filosófico que observa que no universo as coisas foram preparadas com um propósito ou finalidade.

Por outro lado os ateus e evolucionista, acreditam que tudo não passa de um acidente gigantesco, uma arrumação de átomos que decidiu por alguma razão se juntarem.

Porém, se olharmos com bastante atenção para tudo que está a nossa volta, poderemos nos dar conta de que tudo foi orquestrado e feito com inteligência.

mapa-do-mundo-em-formato-globo.jpg
Observe o mapa mundi. Foto: Reprodução/internet

Vamos olhar a massa e o tamanho da terra. Ela é de tamanho e massa perfeita, pois se a terra fosse dez por cento maior ou menor, a vida aqui seria impossível.

Outro fato bem interessante é a inclinação do planeta,os exatos 23°.

Com essa inclinação o sol consegue lentamente atingir toda a superfície terrestre, evitando assim um acúmulo demasiado de massa de gelo e que nas partes centrais não fiquem quentes demais, evitando a vida.

Falando da máquina de funcionamento sistemático deslumbrante que somos nós, já parou para pensar no olho humano?

E antes que você me diga que onde houver necessidade a natureza vai providenciar o necessário, eu lhe pergunto:

Se não se via nada, por que surgiu a necessidade de ver?

E não é só isso. Foram feitos dois olhos no plano horizontal, de modo que podemos não apenas ver, mas também medir distâncias.

Tem outras propriedades bem interessantes como:

  • No escuro aumenta 100.000 vezes a sua capacidade de ver;
  • Encontrar objetos e os focaliza automaticamente;
  • Movimentam se juntos, mas quando preciso tomam ângulos diferentes para fixarem no que precisa ver;
  • Tem sobrolho e pálpebras como proteção;

E se você acha que acabou, tem mais!

Abaixo do nosso olho tem uma perfuração da grossura de uma pena de ganso, que tem como função expelir a lágrima, jogando essa para o nariz, onde se espalha pela superfície e é evaporada pela passagem do ar.

Como podemos notar, só em olhar para o que nos cerca ou constitui, podemos notar que há uma inteligência por trás de todas coisas e do universo, a natureza é perfeita demais para ser obra do acaso.

Grandes nomes da ciência também compartilham da mesma opinião.

Como por exemplo:
Michio Kaku é um dos mais renomados cientistas internacionais,  físico-teórico, coautor da Teoria das Cordas e estudioso inclusive de campos relacionados à pesquisa do CERN.

“Cheguei à conclusão que estamos em um mundo feito por regras criadas por uma inteligência, não muito diferente do seu jogo preferido de computador, claro, impensavelmente mais complexa. Analisando o comportamento da matéria em escala subatômica, a parte afetada pelo semi-raio primitivo de táquions, um minúsculo ponto do espaço, pela primeira vez na história, totalmente livre de qualquer influência do universo, matéria, força ou lei, percebi de maneira inédita o caos absoluto. Acredite, tudo que nós chamávamos de casualidade até hoje, não fará mais sentido. Para mim está claro que estamos em um plano regido por regras criadas, e não moldadas pelo acaso universal”, declarou Michio Kaku à conceituada revista Scientific American, em 2013.

Albert Einstein, disse:

“Quanto mais me aprofundo na Ciência mais me aproximo de Deus.”

E agora, qual a sua opinião do assunto? Caso queira, use a ferramenta de tira-dúvidas abaixo para expressar sua opinião acerca do assunto, lembrando-se da política de comentários do site.

Artigo atualizado por último em:

2 Dúvidas